Missão Pet e O Encantador de Cães: dois programas essenciais para quem tem um cão

0
Posted March 19, 2013 by Rejane Medeiros in Pet

Quem resolve ter um cãozinho de estimação sabe que cria-lo do jeito certo é muito importante, afinal, o bichinho começa a fazer parte da família e não pode ter problemas de comportamento que dificultem a convivência. Lá em casa eu tenho a Mel, que é uma verdadeira lady e não dá trabalho nenhum, mas alguns amigos e conhecidos meus sofrem com seus cachorros “neuróticos”. Por isso, hoje eu vou falar de dois programas que são uma mão na roda na hora de controlar o seu amigão.

O primeiro é o “Missão Pet”, que passa todos os sábados, às 22h15, no Nat Geo, apresentado pelo zootecnista Alexandre Rossi (que já participou de vários programas na TV aberta, como o “Mais Você”). No programa, Alexandre ensina várias técnicas de adestramento como, por exemplo, ensinar o seu cãozinho a fazer as necessidades no lugar certo. Tudo baseado nos conceitos de acerto-recompensa e erro-correção. É ideal para quem quer adestrar o cão e treiná-lo para seguir comandos. As dicas ensinadas no “Missão Pet” são bem fáceis de imitar em casa. Vale também conferir o site e o blog, com algumas dicas já mostradas no programa.

missão pet 2

O outro programa que eu indico (se você ainda não viu!) é “O Encantador de Cães”, exibido às quartas, a partir das 19h, no Animal Planet. O já lendário adestrador César Millan se autointitula “psicólogo canino”, com o slogan “Eu reabilito cães e treino pessoas”. Em seu programa, ele explica que é preciso entender o comportamento canino para conviver com confiança e respeito mútuo. César é especialista em recuperar cães na “zona vermelha” (nos Estados Unidos, cães violentos e considerados perigosos podem ser recolhidos e até sacrificados). E parece mágica! Em instantes, um cão incontrolável se torna dócil e obediente, para o choque dos seus donos.

NORTH SHORE ANIMAL LEAGUE AMERICA CESAR MILLAN

Apesar de os episódios serem divertidíssimos, é mais difícil copiar as lições do César com o seu próprio cachorro. Afinal, nem sempre temos a capacidade de nos comunicar “por telepatia” com o nosso bichinho (e é o que o César parece fazer). Apesar disso, é muito interessante aprender sobre os sinais que os cães enviam e como eles podem ser mal interpretados por nós, ou como o comportamento agressivo ou medroso do cão pode ser reflexo da nossa própria relação com ele. Eu não perco os dois programas!


About the Author

Rejane Medeiros